Jovem
fotógrafo de apenas 23 anos,o gonçalense Davi Fernandes se torna pioneiro no
Brasil com sua técnica e estilo

Foto2Btrabalho2B6 Quando arte e realidade se misturam
Fotos de Davi Fernandes

Uma mistura natural e
ao mesmo tempo surreal e cinematográfica. Esse é o trabalho do fotógrafo Davi
Fernandes. Com apenas 23 anos, o jovem gonçalense trabalha com fotografia desde
os 15 anos de idade.

A fotografia começou
como um hobbie e tudo que queria era se divertir tirando fotos com seu celular.
Mas a partir de um momento as coisas começaram a ficar mais sérias e Davi
começou um profundo estudo na área, como leituras e cursos gratuitos, pois não
tinha como bancar os cursos que na maioria da vezes são caros.

“Após um tempo, entrei
na faculdade de jornalismo e comecei a procurar emprego. Consegui uma vaga como
editor de fotografia de um jornal de esportes muito renomado e lá aprendi ainda
mais e aperfeiçoei minhas técnicas de edição. Foi uma grande escola para
mim”, destaca ele.

Mas Davi ainda não se
via realizado e decidiu largar tudo, pedindo demissão do seu último trabalho e se
dedicar 100% à fotografia. Foi então que após estudos do mercado e aplicação de
técnicas, ele começou a trazer elementos para fotografia brasileira que ainda não
haviam sido explorados de forma tão original.

Foto%2Btrabalho%2B7 Quando arte e realidade se misturam

“Meu objetivo era
trazer um trabalho com leveza para o público e meu retorno foi muito
positivo.

A mistura da fotografia
com edições em locais inesperados é um desafio fascinante para o jovem. “Acabo
me transportando para um mundo onde o irreal é possível e trazer isso para as
fotos dos meus clientes é algo que os chama, sabe?”, comenta.

Para Davi, a fotografia
é uma forma de expressão do seu sentimento com o mundo, e com tudo a sua volta.

“A fotografia
desperta o sentimento e emoção dentro das pessoas, e isso traz alento para quem
se identifica com ela. A arte é o fogo do mundo, e a fotografia é uma das
ferramentas que se pode utilizar para fazer o fogo e iluminar o ponto que você
deseja que a sociedade veja. Através dela você pode mostrar seu ponto de vista
ou sentimento sobre algo, para as pessoas”, conta Davi.

De%2BS%25C3%25A3o%2BGon%25C3%25A7alo%2Bpara%2Bo%2Bmundo%252C%2Bo%2Bjovem%2Bfot%25C3%25B3grafo%2BDavi%2BFernandes%2Bvem%2Btrilhando%2Buma%2Bcarreira%2Bde%2Bsucesso Quando arte e realidade se misturam
O fotógrafo Davi Fernandes

A arte está enraizada
na vida de Davi, pois além de fotógrafo, ele também é músico e tem como hobby
desenhar quando está de folga. Sua maior distração é visitar museus, mostras,
ir ao teatro e ao cinema, entre outros programas que remetam à arte.

A relação das redes
sociais, internet e fotografia na vida das pessoas, é algo que chama atenção de
Davi. Suas redes sociais possuem um alcance excelente, mesmo sem nenhum tipo de
patrocínio. No Instagram são mais de cinco mil seguidores e no Twitter, mais de
oito mil. Alguns posts onde ele apresenta seu trabalho chegaram a ter mais de
18 mil curtidas e mais de 7 mil compartilhamentos.

Com a pandemia do
Covid-19, o trabalho ganhou outra forma, pois, começaram a surgir os ensaios
on-line através de aplicativos e ele consegue fazer fotos de pessoas de
qualquer lugar do mundo.

“A fotografia
acaba sendo um meio de você se comunicar com as pessoas de forma impactante,
trazer de forma rápida e objetiva um ponto de vista a ser discutido e despertar
sentimentos nas pessoas de maneira rápida e profunda”, conclui. 
Para conhecer mais o
seu trabalho, basta segui-lo nas redes:
@davifp no Instagram; e no Twitter
@davi_p , além do
site 

Tagged: