Dados compilados entre 2010 e 2020 nas unidades de Registro Civil formaram o ranking das preferências no município

baby in white tank top
Foto por Matt Walsh em Unsplash

Miguel e Arthur foram os nomes mais escolhidos em Niterói para registro de nascimento na última década (2010 – 2020). O primeiro obteve 1.743 registros e o segundo 1.650. Entre os nomes femininos, Alice foi o mais selecionado, com 1.181 registros, seguido por Laura que obteve 998. 

Com exceção de Maria Eduarda, na quinta colocação entre os nomes femininos escolhidos na década, não houve nomes compostos no ranking.

Além de Miguel e Arthur, os nomes masculinos mais escolhidos foram:

3º – Davi – 1.292

4º – Bernardo – 1.255

5º – Pedro – 961

6º – Theo – 887

7º – Gabriel – 877

8º – Heitor – 848

9º – Lucas – 783

10º – Enzo – 621

Já na escolha dos nomes femininos, os que ganharam destaque, além de Alice e Laura, foram:

3º – Sophia – 953

4º – Helena – 831

5º – Maria Eduarda – 735

6º – Julia – 692

7º – Valentina – 687

8º – Manuela – 611

9º – Manuella – 519

10º – Maite – 506

Nomes mais registrados em 2020 em Niterói

No último ano, a preferência por nomes simples prevaleceu na cidade. Arthur ficou na liderança com 171 registros, seguido por Theo, como 167. Entre as meninas, Laura obteve maior número com 137. Em segundo lugar ficou Helena com 135 registros. 

Confira a lista de 2020 de nomes masculinos mais frequentes em Niterói:

1º – Arthur – 171

2º – Theo – 167

3º – Miguel – 152

4º – Gael – 150

5º – Heitor – 134

6º – Pedro – 127

7º – Bernardo – 127

8º – Davi – 120

9º – Gabriel – 114

10º – Lucas – 76

Confira a lista de 2020 de nomes femininos mais frequentes em Niterói:

1º – Laura – 137

2º – Helena – 135

3º – Alice – 118

4º – Maite – 102

5º – Manuela – 80

6º – Lara – 70

7º – Sophia – 63

8º – Isabella – 60

9º – Agatha – 52

10º – Julia – 50

O levantamento de 2010 a 2020 realizado por meio da Central Nacional de Informações do Registro Civil  (plataforma eletrônica com os números de Cartórios de todo o País, administrada pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen/Brasil)) reuniu dados de todos os 172 Cartórios de Registro Civil do estado do Rio de Janeiro. Juntos eles formam  uma base de mais de 1,7 milhão de registros realizados na última década, disponível no Portal da Transparência do Registro Civil – https://www.registrocivil.org.br .