Zez25C325A9eJulio Florbela Espanca em noite de música e poesia no Solar do Jambeiro
Zezé Vargas e Julio Morgado
(foto divulgação)
O Solar do Jambeiro celebrará a poesia de Florbela Espanca, no dia 27 de abril, às 19h, em uma cena artística que conciliará poemas e dados biográficos com a execução de fados. O evento, comemorativo pela Revolução portuguesa dos Cravos, traz, no elenco, Dilia Gouveia, que também dirige o espetáculo, Zezé Vargas e Júlio Morgado. A classificação etária é livre e os ingressos , a R$40,00, podem ser adquiridos, no local, a partir das 18h.
“Florbela Espanca, a dama das profundezas” propõe uma leitura filosófica da obra poética e da vida da artista, uma das poetisas portuguesas mais festejadas do século XX. O evento é uma ressonância da apresentação que, em abril de 2016, homenageou Fernando Pessoa, entoando a importância da liberdade como construção social. “A literatura, enquanto arte, é um espaço privilegiado para se repensar o que é a humanidade e também a liberdade”, afirma Jordão Pablo de Pão, assessor de projetos literários do Solar.
Dilia Florbela Espanca em noite de música e poesia no Solar do Jambeiro
Dilia Gouveia

O Solar do Jambeiro vem se consolidando como um espaço para a problematização e para a construção da memória. Com um dos maiores conjuntos de azulejaria colonial portuguesa do Brasil, a casa é muito procurada pela comunidade lusitana em Niterói, da região e no mundo, utiliza uma visão intercultural para rememorar as impressões e as mudanças históricas advindas da Revolução dos Cravos, iniciativa da Assessoria de Projetos Literários do Solar do Jambeiro.