Um roteiro de descobertas para escapar das grandes
cidades nos feriados de abril
Com três feriados prolongados seguidos – Semana
Santa, Tiradentes e Dia do Trabalhador – o mês de abril nos convida a buscar
opções próximas e acessíveis para toda a família. Mar, montanha, natureza,
cultura e história … são
muitas atrações, num roteiro cheio de descobertas
há poucos quilômetros do Rio e de Niterói.   
A2BIgreja2Bde2BSanta2BRita2Bem2Bdia2Bde2Bmar25C325A9s2Bcheia2Bno2BCentro2BHist25C325B3rico2Bde2BParaty2B 2Bfoto2BLuana2BDias Vamos fugir?
Rua da Igreja de Santa Rita, no Centro Histórico, em dia de maré cheia
(foto Luana Dias/ Casa da Gente)
PARATY
Ao caminhar
pelas ruas no Centro Histórico de Paraty – calçadas com irregulares pedras na
forma de “pé-de-moleque” – somos convidados a um jogo de equilíbrio e de volta
ao passado. A cada passo nos 31 quarteirões que compõem o maior e mais
harmonioso conjunto arquitetônico colonial do Brasil, podemos nos maravilhar
com as construções que datam entre os séculos XVII e XVIII. Em 1958, Paraty foi
tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, sendo convertida em 1966 como Monumento Nacional. Com acesso apenas para
pedestres desde a década de 70, o Centro Histórico abriga hoje restaurantes,
lojas, museus e bares, sendo um intenso ponto de encontro de turistas e
moradores de dia e à noite.  
            Com
mais de 60 ilhas e 90 praias – boa parte delas acessível somente de barco ou
trilhas – Paraty é um dos destinos mais badalados, principalmente no verão. A
combinação da quase intocada Mata Atlântica com a beleza e diversidade das
praias faz com que cada momento da viagem se transforme numa descoberta. O
passeio pode ser feito com inúmeras escunas – que saem do Porto da cidade – ou
pela estrada.
Saindo do
Centro de Paraty e indo pela Rodovia Rio-Santos no sentido Rio, destacam-se as
águas mansas e mornas da Praia Grande, de onde saem também barcos para visitas
à Ilha do Araújo, uma das maravilhas do arquipélago de Paraty. Através de uma
rápida trilha, é possível chegar à Prainha, uma pequena praia mais calma. Ainda
no sentido Rio, outro ponto bastante frequentado é a Praia de São Gonçalo, com
ampla estrutura de quiosques e barracas. Mais agreste e deserta é a praia de
São Gonçalinho, ao lado da “irmã” maior, refúgio ideal para quem busca
tranquilidade.
Mas a grande “estrela” nos roteiros de praias é a Vila de Trindade. De
reduto dos hippies e dos caiçaras na década de 70 a destino de aventureiros,
o turismo hoje se estabeleceu de vez no lugar: quase todas as casas viraram
pousadas, campings e restaurantes. Situada
a 25 quilômetros
ao sul de Paraty, é lá onde estão as mais belas praias da região como a Praia
de Fora, a principal da Vila; a Praia do Meio, que é dividida por uma bela
formação rochosa; e a Praia do Cachadaço, acessível por trilha saindo da Praia
do Meio, e que mantém um toque de praia deserta.
Paraty também é rica em água doce, com suas centenas de nascentes, rios,
cachoeiras e quedas d’águas. Um dos lugares mais badalados é a Cachoeira do
Tobogã, localizada na estrada Paraty-Cunha.
Poucos quilômetros depois na mesma estrada está a Cachoeira da Pedra
Branca, com duas quedas d’água que terminam em piscinas naturais.  
História,
praias, cachoeiras, florestas… mas Paraty respira (e inspira) também cultura.
No mês de julho, acontece a conceituada Festa Literária Internacional de Paraty
(FLIP), quando a cidade se transforma na capital intelectual do Brasil,
recebendo escritores de todo mundo.
Brigitte2B2B0502B 2Bfoto2Bdivulga25C325A725C325A3o2BRonald2BPantoja Vamos fugir?
Orla Bardot, em Búzios
(foto divulgação Ronald Pantoja)
Cabo Frio e Búzios
A maior cidade da Região dos Lagos
fluminense, Cabo Frio tem uma vasta tradição turística consolidada. A Praia do
Forte é o principal destino dos turistas que visitam a cidade. A extensa orla é
formada por prédios de luxo, além de bares e restaurantes.
Outro ponto turístico
bastante badalado é o Forte de São Mateus, com destaque para a vista no
pôr-do-sol.
À
noite,
os bares na Avenida do
Contorno atraem o público, principalmente os jovens. Outra opção de boates e
restaurantes com música ao vivo estão no Boulevard Canal, no Centro.
Cabo2BFrio2B 2BPraia2Bdo2BForte Vamos fugir?
Praia do Forte, em Cabo Frio
(foto divulgação)
Cabo Frio também é pólo da
Moda Praia, com a já consagrada Rua dos Biquínis, no bairro da Gamboa, com
centenas de lojas.
Um dos
balneários mais conhecidos internacionalmente, a pequena cidade de Armação dos
Búzios têm em suas 23 praias e sua agitada vida noturna seus principais
atrativos. A península ficou internacionalmente conhecida após a visita em 1964
da atriz e estrela de cinema Brigitte Bardot, tornando o local a
“Saint-Tropez brasileira”
 Conhecida pela
temperatura amena e muito sol, Búzios tem entre as principais praias: Geribá,
João Fernandes, Ferradura, Ferradurinha, Armação, Tartaruga, Ossos e Brava …
um verdadeiro paraíso! À noite, a rua das Pedras é o point, tornando-se uma
verdadeira “babel”, com turistas de vários países, lojas de marcas
famosas, restaurantes internacionais, boates e shows que duram madrugada
adentro.

Museu2BImperial2B 2Bum2Bdos2Bpontos2Btur25C325ADsticos2Bmais2Bvisitados2Bem2BPetr25C325B3polis2B 2Bfoto2Bdivulga25C325A725C325A3o Vamos fugir?
Museu Imperial, em Petrópolis
(foto divulgação)

Petrópolis
Pra
quem prefere respirar o ar puro e fresco da Serra, uma das cidades
“queridinhas” do estado do Rio é Petrópolis. Fundada pelo imperador
Pedro II (daí a origem do seu nome), Petrópolis abriga diversas atrações
históricas e O Museu Imperial, que funciona no antigo Palácio Imperial de
Petrópolis, foi residência de verão de d. Pedro II e apontado pelo imperador
em diários como um de seus locais preferidos.
Outro ponto turístico bastante visitado é o Palácio de
Cristal. A estrutura – toda em ferro fundido construída na França, com o
objetivo de abrigar exposições de produtos agrícolas é atualmente um espaço
dos principais eventos culturais e exposições da cidade.
A Casa
de Santos Dumont, o “pai da aviação”, é o segundo museu mais
visitado da cidade.Lá é possível conhecer a história de vida e as principais
criações deste renomado inventor brasileiro. Cervejarias artesanais e
variados restaurantes de culinária brasileira e contemporânea completam o
roteiro turístico.