Bairro ganha plataforma digital e
revitalização da praça
Largo2BS25C325A3o2BJorge2B 2BFoto2Bde2BLeonardo2BSimpl25C325ADcio Engenhoca de cara nova
A Prefeitura de
Niterói acaba de concluir a construção da
Plataforma
Digital da Engenhoca
. No dia 22, serão entregues a reforma da Praça do
Largo São Jorge e a construção do boulevard sobre o canal entre as avenidas
João Mendes e Doutor Renato Silva. As inscrições para os cursos da
Plataforma Digital serão abertas em dezembro e as aulas devem começar em janeiro.
Os cursos serão voltados para as
áreas de tecnologia da informação, desenvolvimento de jogos, fotografia,
design, computação gráfica, produção de vídeo, entre outras. O objetivo é
capacitar jovens para o mercado de trabalho através do uso de novas
tecnologias. O local terá espaços de realidade virtual, área para acesso livre
à internet, espaço gamer e uma sala de projeção para exibição de filmes,
documentários e animações.
“A revitalização da Engenhoca se
transformará em uma referência para a Zona Norte. A integração da plataforma
digital com o boulevard e a reforma da praça marcam o início de uma nova
caminhada na Zona Norte, com uma Niterói diferente, que tem uma gestão pública
que olha para todas as regiões da cidade”, diz o prefeito de Niterói Rodrigo
Neves.
O secretário municipal de Projetos
Estratégicos, José Seba, destaca que o espaço, com uma arquitetura moderna e
futurista, tem a possibilidade de transformar o seu entorno.
“É um projeto que requalifica a
região e uma oportunidade de inclusão através da educação e da tecnologia para
os jovens da Engenhoca e bairros vizinhos. Quando se promove conhecimento, isso
se multiplica em benefício da comunidade”, afirma.
Adriana de Lima, Diretora de Ciência
e Tecnologia da Secretaria Municipal de Projetos Estratégicos, ressalta que
segundo uma pesquisa feita com base nos microdados da Amostra do Censo
Demográfico de 2010 do IBGE, o bairro da Engenhoca apresenta o menor percentual
de jovens de 18 a 24 anos que frequentam o ensino superior (11,3%).
“Uma missão que temos aqui na
Plataforma Digital da Engenhoca é associar a oportunidade de formação ao
mercado de trabalho. Um dos focos principais será o desenvolvimento de jogos,
já que este é um dos setores que mais cresce no Brasil e é um dos que mais
interessa aos jovens. Além disso, a Universidade Federal Fluminense (UFF) tem
um dos polos mais importantes do país nessa área de conhecimento e podemos
estabelecer parcerias”, enfatiza a diretora.
Esta será a segunda plataforma
digital a ser inaugurada pelo atual governo. A primeira funciona no 
MACquinho, no Morro do Palácio, na Boa Viagem. A unidade contará
com telecentro (espaço de universalização digital e de acesso à
internet), estúdio de áudio, cinema comunitário para exibição de filmes, shows
e outras atividades formativas e de entretenimento, além de midiateca (sala de
jogos interativos e educacionais), cursos de língua estrangeira na modalidade à
distância, entre outras atividades. 
Boulevard
Para as obras de revitalização urbanística da Praça da Engenhoca, o
canal entre as avenidas João Mendes e Doutor Renato Silva está sendo coberto
com lajes de concreto e ganhará brinquedos infantis, espaço de lazer com mesas
e bancos, além de uma academia da terceira idade. Para que a limpeza e
manutenção do canal continuem sendo feita, haverá trechos sem cobertura, que
permitirão este trabalho.
Com a execução dos dois projetos, o
investimento na região ficará em torno de R$ 5 milhões. A obra da plataforma
digital tem valor de cerca de R$ 4 milhões, com recursos da Prefeitura.
 O deputado federal Sérgio Zveiter é autor de
uma emenda que conseguiu R$ 1 milhão para a revitalização da praça e cobertura
do canal, orçada em R$ 660 mil. Com o valor restante, de R$ 340 mil, será feita
a revitalização de um campo de futebol da região.