Instituto Alziras
lança pesquisa sobre participação da mulher na Política

Socorro2BNeri252C2Bprefeita2Bde2BRio2BBranco2B2528de2Bvermelho25292Be2BCinthia2BRibeiro252C2Bprefeita2Bde2BPalmas Quem são as prefeitas brasileiras?
Cinthia Ribeiro, prefeita de Palmas (TO) e Socorro Neri, prefeita
de Rio Branco (AC) – foto Luana Dias
Menos de 12% dos municípios são governados por
mulheres, embora elas representem 53% do eleitorado no país. Essa disparidade e
os desafios para a superação desse déficit foram discutidos na manhã desta
segunda-feira, 7, em um café da manhã de prefeitas e gestoras municipais. A
atividade abriu a programação de hoje da 73ª Reunião Geral da Frente Nacional
de Prefeitos (FNP), que segue até quarta-feira, 9, em Niterói/RJ.
“Nós mulheres temos uma
responsabilidade dupla. Além de governar com eficiência, atendendo às
necessidades da população, precisamos trabalhar de forma a inspirar outras
mulheres a ocupar o espaço político. Esse também deve ser um espaço feminino”,
ressaltou a prefeita de Pelotas/RS, Paula Mascarenhas, vice-presidente de
Mulheres da FNP. Coordenando o encontro, a prefeita pediu o engajamento das
participantes na pesquisa Perfil das Prefeitas no Brasil (2017-2020), realizada
pelo Instituto Alziras com o apoio da FNP.
quem2Bs25C325A3o2Bas2Bprefeitas Quem são as prefeitas brasileiras?
Prefeitas reunidas no café da manhã (foto divulgação)
Segundo Michelle Ferreti,
fundadora e codiretora da organização, a pesquisa foi idealizada com o objetivo
de dar visibilidade às mulheres que hoje estão à frente do executivo municipal.
“A partir dessa pesquisa, será possível construir narrativas e
disseminá-las para contribuir para o aumento da participação da mulher na
política “, explicou.
Para a prefeita de Palmas/TO,
Cinthia Ribeiro, a iniciativa deve ser reconhecida como uma forma de luta pelo
empoderamento feminino. 

012BPaula2BMascarenhas252C2BJonas2BDonizette252C2BCintia2BRibeiro252C2BFernanda2BSixel2Be2Bo2Bprefeito2BRodrigo2BNeves2B 2BBruno2BEduardo2BAlves Quem são as prefeitas brasileiras?
Paula Mascarenhas (prefeita de Pelotas), Jonas Donizette (presidente da FNP),
Cinthia Ribeiro (prefeita de Palmas), Fernanda Sixel (primeira dama de Niterói)
e o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves (foto divulgação)

“Além de evidenciar os números que fazem parte do
contexto histórico da mulher nos cargos políticos, a pesquisa com certeza vai
en
corajar outras mulheres a enfrentar os desafios que ainda fazem parte desse
processo”, avaliou.

Assumindo em abril de 2018 a prefeitura de Rio Branco (AC), após a saída de Marcus Alexandre para se candidatar ao governo do Acre, a prefeita Socorro Neri começou sua trajetória como professora da Universidade Federal do Acre (UFAC), onde foi vice-reitora e pró-reitora de graduação.  Ela é também uma das lideranças femininas do Norte do país presente no evento da Frente Nacional de Prefeitos.

A pesquisa Perfil das Prefeitas
no Brasil (2017-2020) está disponível no site http://www.alziras.org.br/.

Tagged: , ,