Por Christian
Jafas

Quem nunca
recebeu uma mensagem nas redes sociais com dicas de saúde ou alertando para
alguma epidemia? As notícias falsas chamadas de fake news, que aparecem
no nosso dia a dia, são uma nova forma de boataria disfarçada de jornalismo.
Nem sempre é fácil perceber se a notícia é verdadeira ou falsa e muitas vezes
fazemos a “corrente correr” sem perceber o mal que isso pode gerar, ainda mais em
se tratando de saúde pública. Em 2016, no auge da recente epidemia de Zika a
enxurrada de notícias desencontradas levou pânico à população e fez os
especialistas em saúde redobrarem os esforços com a comunicação e a informação.
A polêmica sobre a vacina da febre amarela foi outro exemplo de boataria nas
redes sociais que teve reflexo na baixa adesão à campanha no início deste ano.

fake news01 Ministério da Saúde quer acabar com os boatos em saúde
Para tentar combater
as fake news sobre saúde, o Ministério da Saúde disponibilizou um número de
celular exclusivo para verificar a veracidade das notícias sejam elas em texto
ou imagem. Basta adicionar o número (61) 99289-4640 no aplicativo WhatsApp do
seu celular para ter acesso às informações. Segundo Ugo Braga, diretor de
Comunicação Social do Ministério da Saúde, as fake news são como uma
praga e “no caso da saúde, é muito mais grave, porque a notícia falsa mata.
Então, o novo canal do Ministério da Saúde chega para servir como uma nova e
poderosa camada de segurança na informação sobre saúde pública, com a vantagem
de ter sido criada especificamente para o WhatsApp, que é o principal veículo
de transmissão das notícias falsas”.

“Saúde sem Fake
News” é um canal exclusivo e oficial para auxiliar a população a desmascarar as
notícias falsas e certificar as verdadeiras. As notícias recebidas e analisadas
pela equipe do ministério ficarão disponíveis no Portal Saúde no endereço saude.gov.br/fakenews e nos demais perfis
do Ministério da Saúde nas redes sociais. Essa é uma informação que você pode
passar para frente. Adicione (61) 99289-4640 no seu celular e divulgue para
amigos e familiares. 

Fonte: Portal da
Saúde/Ministério da Saúde


Assista ao vídeo
de lançamento:

 topo saude sem fake news Ministério da Saúde quer acabar com os boatos em saúde

Tagged: , , ,