Por Veronica M. de Oliveira

Artista2Bvisual2BLia2BBerbert2B 2BT25C325ADtulo2B 2B2527Cristo2527 2BMedida2B 2B602Bcm2Bx2B602Bcm 2BT25C325A9cnica2B 2BMista2B 2BFoto2B0014 Equilíbrio na vida e na arte é tema do ENTREARTES no Museu do Ingá
Arte visual de Lia Berbert
(imagem divulgação)
A oitava edição do
ENTREARTES fica aberta à visitação até dia 31 de agosto, no Museu do Ingá,
com a proposta de discutir o papel da tecnologia nas relações humanas da
atualidade. A mostra “Equilíbrios Artísticos” contou com a participação de seis
artistas que abordaram essa temática em suas obras. São nomes como Ana Morche,
Ana Schieck, Bia Torres, Lia Berbert, Renata Barreto e Wil Catarina.
Em uma sociedade que prima
pelas relações instantâneas, a mostra faz um convite à valorização de
sentimentos como o respeito à dignidade e o pensar coletivo. E cada uma dessas
artistas dá esse exemplo em seus trabalhos, legitimando mais uma vez a missão
do ENTREARTES, que é o de fomentar a arte na cidade. Criado pela Equipe Cacau
Dias, esse modelo de exposição tem como objetivo explorar diversas temáticas,
sempre com a proposta de espalhar talento, beleza e arte foram dos espaços
comuns.
“Nossa cidade é um
verdadeiro celeiro de artistas. Seja na pintura, música, escultura, literatura,
dança, entre outros, sempre tem um niteroiense se destacando e brilhando pelo
mundo. Pensando nisso, por que não valorizar nossa “prata da casa”, além de dar
uma badalada em Niterói?”, ressaltou a idealizadora Cacau Dias. O ENTREARTES já
esteve em espaços como o Plaza, o Centro Cultural Paschoal Carlos Magno, Solar
do Jambeiro e agora em um dos mais icônicos monumentos arquitetônicos de
Niterói: o Museu do Ingá.