A2BforC3A7a2Bdos2Bjornais2Balternativos2Bde2Bniteroi A força dos jornais alternativos de Niterói
Representantes dos jornais de Niterói se reuniram,
pela primeira vez, para debater a criação da Associação dos Jornais
Alternativos de Niterói e a conjuntura da Imprensa na cidade. Em documento que
será encaminhado aos órgãos públicos e privados, será mostrada a força,
tradição e poder de formação de opinião dos jornais de bairros da cidade.
Cerca de 30 jornais alternativos circulam por mês em todos os bairros da
cidade, com uma média de 300 mil jornais e atigindo um universo de mais de um
milhão de pessoas, considerando as edições impressas, os blogs, sites e
facebooks.
A Imprensa Alternativa de Niterói, além de atingir todos os bairros da cidade,
também circula em vários municípios do Estado. Em pesquisa acadêmica e de
órgãos de Opinião, foi constatada uma reciprocidade e confiança da população de
Niterói com os jornais Alternativos, por eles serem os veículos que publicam os
fatos marcantes da cidade.
Ficou definida que os Diretores farão uma reunião mensal. Nesta foto, Carias do
Jornal do Fonseca, Mario Sousa do Jornal da Cidade, Heber do Jornal Opção, Luis
Jourdan Amóra Jornal de Icaraí, Genilton do Fonseca Bairros, Sílvia Santa Rosa,
Roberto Ricão do Todo Sports, Jardel Junior do Jornal de Niterói, Mario Dias do
Jornal Casa da Gente e Gustavo Amóra.