CC3A2maradeVereadoresdeNiteroiFotoLuizBarros21 01 2007 Câmara de Niterói participa pela sexta vez da Hora do Planeta
Edifício da Câmara de Vereadores
(foto: Divulgação Câmara – Luiz Barros)
Pelo sexto ano consecutivo a Câmara de Vereadores de Niterói participa, neste  sábado, dia 29, às 20h30, do evento “Hora do Planeta” chamando a atenção para o aquecimento global. O histórico prédio da Câmara, tombado pelo Instituto Estadual de Proteção ao Patrimônio Artístico e Cultural (Inepac) do Rio de Janeiro, terá a sua iluminação especial apagada por uma hora como forma de chamar a atenção dos moradores da cidade para as questões do aquecimento global e seus efeitos ao meio ambiente. A iniciativa faz parte da participação do Poder Legislativo de Niterói na Ação Hora do Planeta, que no ano passado reuniu 123 cidades brasileiras e deverá atingir cerca de um bilhão de pessoas e que teve início em 2009 em mais de mil cidades em todo o mundo.
 O ato simbólico, que no Brasil é organizado pela WWF, tem o objetivo de conscientizar a população mundial. “Desde que assumi a presidência da Câmara, em 2009,  participamos do movimento e temos a certeza de que, ao apagar as luzes da fachada da Câmara, estaremos contribuindo para que a população de Niterói se conscientize ainda mais sobre as questões relativas ao meio ambiente e em especial ao aquecimento global”, afirma o vereador Paulo Bagueira, presidente do Legislativo de Niterói.

Prédio histórico
Tombado pelo INEPAC em 26 de janeiro de 1983, em reconhecimento ao seu valor histórico e arquitetônico, o prédio da Câmara, está localizado na Avenida Amaral Peixoto, 625, principal avenida de Niterói. Ele tem a sua fachada inspirada em um templo romano. A entrada é feita por cinco portas precedidas pela escadaria, onde duas esculturas de cimento representam a Ordem e o Progresso, de autoria do escultor italiano Hugo Tadei. A Ordem é representada pela figura feminina em vestes romanas, trazendo em sua mão direita uma espada apontada para um livro. Seu simbolismo fala da ordem fundamentada nas leis e mantida pela energia. A alegoria Progresso também é representada por uma figura feminina que tem à mão direita uma tocha e ao alto e, a seus pés, um jovem segurando engrenagens industriais, numa alusão às perspectivas do progresso trazido pelo desenvolvimento industrial. No nível da calçada, dois sólidos pedestais sustentam dois leões, um de costas para o outro, olhando para lados opostos, simbolizando os dois horizontes e o percurso do sol. Vigiando o passar do dia, representam o ontem e o amanhã, o rejuvenescimento e o vigor: esforço e repouso.