Canto2Bdo2BRio Alenil25C325A7on2Be2BCarlos M25C325A1rio2BDias Canto do Rio faz aniversário de 103 anos
Alenilçon e Carlos
(Foto Mario Dias/ Casa da Gente)
Para
comemorar 103 anos de fundação, o Canto do Rio programou seis dias de festa,
que praticamente tomará todo o mês de novembro, começando no dia 6, domingo,
com um campeonato de tranca, iniciando às 9h, no Espaço de carteado. No hall
social, música ao vivo na pérgula da piscina, a partir das 13h.
No dia 12,
baile de 103 anos com a banda Aeroporto, a partir das 22 horas, no Salão Nobre,
com convites a R$ 120,00 para sócios e parceria dos clubes, R$ 150,00 para convidados,
incluindo coquetel, open bar, espumante e whisky, traje esporte fino.
No dia 14,
segunda, haverá hasteamento de bandeiras, benção, sessão solene do Conselho
Deliberativo, coffee break; dia 15, terça-feira, feijoada, às 13h, no Salão
Nobre, sócios e parcerias, R$ 50,00 e convidados R$ 70,00, parte musical com a
banda Alto Astral; dia 20, domingo, Torneio de Futebol Society,
Futsal e Voleibol, iniciando-se às 9 horas; dia 27, domingo, almoço festivo, às
12h.
Vida pelo Clube
Sócio de
número 880, Alenilçon Nascimento Araujo freqüenta o clube desde os 20 anos, e
também é funcionário do Canto do Rio desde 1969, dedicando sua vida pelo
Cantusca conforme faz questão de afirmar sob o testemunho de Carlos Alberto
Pereira Gomes, Diretor Financeiro da atual Diretoria.
Iniciou na
função de auxiliar administrativo e hoje é o responsável por toda a parte financeira
do clube, passando pela gestão de doze presidentes. Lembra com carinho dos
shows com Roberto Carlos, Martinho da Vila, Maestro Chiquinho e Tabajara de Severino
Araujo, Araketu, Banda Eva; Clara Nunes; Ivete Sangalo; Djavan e Johnny Mathis,
o grande cantor norte americano, hoje falecido.
“É uma
alegria ver o clube crescendo, com mais de um século de existência”, afirma.