O lixo acumulado nas ruas do Centro de Niterói,
deixado junto às calçadas e amontoados principalmente perto das “bocas de
lobos” ou galerias de águas pluviais, além de provocar alagamentos em dias de
chuva, causa um mau cheiro inspuportável.
Embora a prefeitura recolha com frequência e mantenha
garis varrendo sempre, o que se observa é a forma como o lixo de todo o tipo
vai sendo deixado nas ruas, sem armazenamento ou depositado em sacos,
permitindo que seja espalhado muitas vezes remexido por catadores e pessoas que
“garimpam”  buscando material para a
venda.
A situação é mais grave na rua Visconde do Uruguai,
onde os detritos tem atraído ratos e insetos, e deixando um aspecto horrível. A
via é muito movimentada e tem um comércio bastante frequentado, sendo roteiro
para bons restaurantes, como o Mário Caneco Gelado, que recebe autoridades,
turistas e gente de vários países.

“É preciso que cada um faça a sua parte, evitando que
esta rua vire uma sapucaia” frisa Mário Caneco, num apelo para que seja mantida
a limpeza. “Niterói cresce a cada dia”, exclama o empresário.