IMG 3097 "Lockdown": cidade de Niterói terá bloqueio de circulação a partir de segunda

A Câmara de Niterói aprovou, na noite desta quinta, um projeto de lei que prevê bloqueio total de circulação de pessoas – o chamado “lockdown” – a partir da próxima segunda, dia 11 de maio. O decreto restringe a circulação de qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, praias, equipamentos,
locais e praças públicas, dentro do município do dia 11 a 15 de maio, podendo ser prorrogado por igual período, em
descompasso com as medidas temporárias de isolamento social estabelecidas pelo
Poder Executivo Municipal em razão da epidemia de COVID-19. A medida segue para sanção do prefeito Rodrigo Neves (PDT).


O decreto prevê como exceções o deslocamento por força de trabalho, para ida a
serviços de saúde ou farmácias, para compra de insumos alimentícios e
congêneres essenciais à subsistência, bem como para ida a estabelecimentos
autorizados a funcionar.
O município poderá aplicar multa administrativa no valor de R$ 180,00 aos que transgredirem o decreto. A Guarda Municipal de Niterói irá realizar a fiscalização e a aplicação das referidas
sanções.
Os valores das multas que ingressarem nos cofres do
Município serão vertidos ao Fundo Municipal de Saúde para aplicação em leitos
públicos de pacientes graves do Coronavírus.

“Nós vamos reforçar os bloqueios com municípios limítrofes, que já estão em curso, agora também com a testagem da temperatura daqueles que chegam de outras cidades. Caso seja verificado que essas pessoas estão com temperatura acima do normal, elas serão encaminhadas a unidades de saúde para, imediatamente, fazer os exames necessários para evitar a propagação rápida da Covid-19 em Niterói”, afirmou Rodrigo Neves.

O prefeito disse, ainda, que no período de 11 a 15 de maio também serão suspensas  as obras que estavam em andamento em todas as regiões da  cidade. Outra medida, após reunião com representantes do Ministério Público, será a ampliação, até o dia 16 de maio, em 40% a quantidade de leitos com respiradores na rede pública e privada de Niterói.



Confira as medidas anunciadas pela Prefeitura nesta quinta-feira
– Ampliação as ações restritivas e multa no valor de R$ 180, de 11 a 15 de maio, para pessoas que estejam nas ruas, praias e praças públicas, com exceção para o deslocamento por força de trabalho, ida aos serviços essenciais e estabelecimentos autorizados a funcionar.

– De 11 a 15 de maio só estão autorizados a funcionar na cidade, mercados e supermercados, padarias, farmácias, pet shops e postos de combustível.

– Reforço dos bloqueios com municípios limítrofes, que já estão em curso, agora também com a testagem da temperatura daqueles que chegam de outras cidades.

– Suspensão de 11 a 15 de maio das obras que estavam em andamento em todas as regiões da cidade.

– Ampliação, até o dia 16 de maio, em 40% a quantidade de leitos com respiradores na rede pública e privada de Niterói.