Conforto,
proteção, informação e segurança. Estes são alguns dos benefícios que a
implantação do novo mobiliário urbano trará para a Niterói a partir de maio.
Realizada pela Prefeitura de Niterói, através da Secretaria de Conservação e
Serviços Públicos, a colocação dos novos aparelhos engloba, entre outros itens
contratados, 300 abrigos de ônibus, 80 relógios eletrônicos, 500 placas de rua,
26 bicicletários com 10 suportes, 1.500 direcionadores de pedestre, 3 painéis
eletrônicos, 90 totens de informação institucional, 30 aspersores e 140 totens
publicitários. 
“Serão
cinco anos para a instalação de 100% do mobiliário, o que totaliza 2.953 itens,
ou seja, o dobro do que temos atualmente na cidade”, comemorou a secretária
de Conservação e Serviços Públicos, Dayse Monassa.
A empresa
Allspace, do grupo Kallas, foi a vencedora da licitação ocorrida no mês de fevereiro.
Com mais de 30 anos de atuação, a empresa formará um consórcio denominado
Kallas Niterói para dar andamento aos trabalhos no município. De acordo com o
contrato, 20% do total dos aparelhos deve ser instalado a cada ano.
De acordo com a
secretária, a Alameda São Boaventura, no Fonseca, que vem passando por diversas
melhorias, será o primeiro local a receber os novos mobiliários. Estão sendo
realizadas reuniões para definir a parte operacional.
“O
contrato prevê flexibilidade para atualização tecnológica em um período de
cinco anos. Isso nos permite acompanhar a evolução dos aparelhos. Outro ponto
interessante é a conservação, que também é de responsabilidade da empresa,
impedindo a deterioração do nosso material”, explicou Dayse.
clip image001 Novo mobiliário urbano a partir de maio