Francisco2BMarins2C2Bcoordenador2Bdo2Bprojeto2BSebrae2BNo2BPC3B3dio Sebrae/RJ qualifica empresas para os eventos esportivos
Francisco Marins, coordenador do projeto Sebrae No Pódio
(foto Hyrinea Borneo)

A pouco mais de 450 dias do início dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, o Sebrae/RJ – Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Estado do Rio de Janeiro – firmou um acordo de cooperação técnica com o Comitê Organizador do evento. O projeto “Sebrae no Pódio”, que teve início em julho de 2013, qualifica potenciais fornecedores – empresas de pequeno porte – para atender as demandas dos jogos, a fim de contribuir para fomentar de modo sustentável as cadeias produtivas nacionais.

Segundo Francisco Marins, coordenador do projeto “Sebrae No Pódio”, o contato com os empreendedores brasileiros e de outros países está sendo muito promissor. “O trabalho com os fornecedores ocorre em duas frentes: no desenvolvimento das micro e pequenas empresas (MPE) para fornecimento direto ao Comitê e na qualificação das empresas para o encadeamento produtivo, ou seja, subcontratação ou participação na cadeia produtiva de grandes contratações do Rio 2016”.
Marins também destaca que o projeto trabalha para criar as condições necessárias (capacitação, consultoria, acesso a mercado etc) para que as MPE aproveitem as oportunidades que estão sendo apresentadas no cronograma de compras do Comitê Rio 2016. O primeiro legado do projeto “Sebrae no Pódio” é a possibilidade das micro e pequenas empresas serem habilitadas a receber o UNSPSC – United Nations Standard Products and Services Code”, além de certificações internacionais de sustentabilidade como o FSC – Forest Stewardship Council exigida para os setores gráfico e moveleiro. Com este documento, as empresas poderão abrir mercado como da Europa e EUA.   Outra importante iniciativa refere-se à atuação do Sebrae/RJ na promoção de encontros de negócios entre as empresas de pequeno porte brasileiras e as grandes empresas estrangeiras, viabilizando parcerias e joint venture. Já foram realizadas reuniões no Reino Unido, Coréia e Dubai, com efetivos negócios e trocas de tecnologias.
Benefícios e atividades
Francisco2BMarins2Be2BAngela2BCosta2B 2BPresidente2Bdo2BConselho2Bdo2BSebrae Sebrae/RJ qualifica empresas para os eventos esportivos
Francisco Marins e Angela Costa , presidente do Conselho do Sebrae
(foto Hyrinea Borneo)
Na identificação e diagnóstico realizado pelo Sebrae/RJ já foram beneficiadas 2 mil empresas brasileiras, que atuam principalmente no segmento de confecção de uniformes, gráficas, lavanderias, softwares, materiais esportivos, aluguéis de barcos, alimentação, hotelaria, agências de viagens, metal mecânico e gastronomia.
Ao longo do projeto, o Sebrae já realizou 3.400 cadastros de empresas, em 16 estados. Essas empresas estão habilitadas a participar do cronograma de compras para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016.  “Por meio do Sebrae no Pódio, as micro e pequenas empresas do país têm a oportunidade de se tornarem potenciais fornecedoras de produtos e serviços para o Rio 2016.  O Sebrae vê nessa parceria um importante legado de incentivo à competitividade das empresas de pequeno porte e possibilidade de participarem de eventos esportivos em outros países.”, destacou Francisco Marins ao CASA DA GENTE.
Tagged: , ,